Folha do ES
Seg, 30 de Nov
RESULTADO PESQUISAS

Home   Política     Espírito Santo


Ensopado de Coelho sem liminar. Uma Delícia!

Ensopado de Coelho sem liminar. Uma Delícia!

Quando vc estiver cansado de denunciar corrupção e desmandos na sua cidade, faz um ensopado de Coelho. Delícia. Desestressa! Sem pedido de liminar para cozinhar.

  Por Jackson Rangel Vieira

  06.outubro.2020 às 20:02Atualizado em 06.outubro.2020 às 20:28

Hoje uma aluna de gastronomia, me mandou uma mensagem, perguntando-me se eu conhecia alguma boa receita com coelho. Sei fazer apenas duas, somente – um ensopado e a outra em forma na grelha; e como aqui no Brasil não temos o hábito de comer coelhos, nem me preocupei em conhecer outras. Tampouco, é fácil encontrar esta carne nos supermercados e nos açougues mais “comuns”.

Evidentemente que na internet, existem centenas de receitas com coelho, tanto nos sites nacionais quanto nos estrangeiros. Mas, enfim, se quiserem provar a que fiz, fiquem à vontade.

Inicialmente, vamos conhecer um pouco desta carne, tão apreciada na Europa, principalmente na França e na Espanha, principais produtores mundiais.

De carne branca e macia, a carne de coelho é considerada uma das melhores para consumo humano. De baixo teor de colesterol e elevado teor de proteínas, sais minerais e vitaminas, faz desta carne uma excelente opção para os paladares mais exigentes. Uma carne leve, que se adapta bem a diversidade de receitas.

No Brasil não é muito difundida, apesar de ser encontrada em açougues mais especializados; porém, como o setor produtivo ainda não está bem organizado, nota-se uma carência de maior divulgação e incentivo no hábito de consumo desta carne, junto à população. Considerada uma carne de “caça”, o consumo é ainda muito incipiente, restringindo-se a restaurantes mais sofisticados, especializados na culinária francesa ou espanhola.

Em uma oportunidade, estive na casa de um amigo, lá no Rio de Janeiro e a esposa dele, preparou um coelho que achei de excelente sabor. Ela me disse que tinha aprendido a receita em Madri, quando eles moravam lá.

Era um ensopado, na realidade, pois a carne por ser magra, dependendo de como se faz, ela fica um pouco seca. Mariana, caprichou no molho, o que inibiu um pouco o sabor da carne. Eu optei por esta receita, mas modifiquei-a um pouco, de maneira que isto não acontecesse. Considerando que o mais importante é sentirmos o gosto dela e não a do tempero ou do caldo.


Então vejamos:

Ingredientes

2 coelhos limpos

50 g de ervilhas

4 cenouras cortadas a julienne

2 cebolas médias cortadas em pétalas

4 tomates, descascados e picados (sem semente)

4 batatas cortadas em cubos pequenos

½ pimentão vermelho cortado em pedaços pequenos

4 dentes de alho, picados

2 colheres de azeite extra-virgem

2 folhas de louro

1 colher de sopa de semente de mostarda

1 colher de sopa alho-poró cortado em fatias bem finas

1 copo de vinho tinto

1 xícara de suco de laranja

1 colher de café de noz moscada

1 colher de sopa de páprica doce

sal a gosto

pimenta a gosto


Modo de fazer

Corte o coelho em pedaços grandes e ponha-o em uma travessa. Em uma tijela, ponha o alho-poró, os dentes de alho, as sementes de mostarda, o azeite e o sal. Faça um mix destes ingredientes, misturando-os bem. Adicione o suco de laranja. Derrame sobre os pedaços do coelho e deixe marinando, na geladeira, de um dia para o outro.

Ponha ao fogo uma caçarola de borda alta e deixe o azeite aquecer, coloque as cebolas e deixe dourar; coloque os tomates picados, as folhas de louro, a ervilha, a cenoura, as batatas, a páprica doce e o vinho. Faça um molho e coloque os pedaços do coelho. Corrija o sal se necessário.

Tampe a caçarola e deixe cozinhando por cerca de 1 hora. Se o molho ficar muito espesso, adicione um pouco de água, para atenuar a consistência.

Sirva ainda quente.

Este prato pode ser servido sem guarnição.

Pão italiano com azeite e orégano, vai bem como acompanhamento.

A QUALQUER MOMENTO OUTRAS FORMAS DE PREPARAR UM COELHO.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.