Folha do ES
Dom, 31 de Mai
Cofril 02

Home   Política     Mundo


EUA oferecem recompensa de US$ 15 mi por prisão de Maduro

EUA oferecem recompensa de US$ 15 mi por prisão de Maduro

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos apresentou acusações formais contra Nicolás Maduro e outras autoridades venezuelanas nesta quinta-feira.

  Por Redação

  27.março.2020 às 14:40Atualizado em 27.março.2020 às 14:49

O governo dos Estados Unidos acusou nesta quinta-feira (26) o governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de ter colaborado e patrocinado ações de terrorismo e narcotráfico nos últimos 20 anos.

A acusação foi feita pelo secretário de Justiça americano, William Barr, que informou ainda o pagamento de uma recompensa de US$ 15 milhões para quem colaborar com uma eventual captura de Maduro, acusado de ser “o líder do cartel”.

Barr anunciou também uma recompensa de US$ 10 milhões no caso da captura de outros cinco membros do governo chavista.

Eles são acusados de "terem participado de uma associação criminosa que envolve uma organização terrorista extremamente violenta, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e de um esforço para inundar os Estados Unidos com cocaína", afirmou William Barr.

No Twitter. Maduro rejeitou as acusações. "Há uma conspiração dos Estados Unidos e da Colômbia e eles deram a ordem de encher a Venezuela de violência", afirmou.


Fonte: Radio Metropole

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.