Folha do ES
Ter, 14 de Jul
Rádio Cidade

Home   Saúde     Espírito Santo


Itapemirim começa a distribuir o kit cloroquina nesta quarta

Itapemirim começa a distribuir o kit cloroquina nesta quarta

  Por João Machado

  30.junho.2020 às 09:11

Moradores de Itapemirim que testaram positivo para coronavírus vão receber gratuitamente, a partir desta quarta-feira (1) o kit cloroquina, que é composto dos medicamentos ivermectina, zinco, azitromicina e o hidroxicloroquina.

De acordo com a Prefeitura de Itapemirim, a entrega dos remédios será feita exclusivamente nas duas unidades Sentinela do município, específicas para pacientes com sintomas de coronavírus, situadas na Vila e em Itaipava.

Antes de receber o kit, o paciente passa por exame para comprovar a doença. Para isso, a prefeitura anunciou a compra, por meio de licitação, dos testes rápidos que vai permitir testar entre 2 a 3 mil pessoas.

Com relação ao kit, a prefeitura lembra que o paciente tem a escolha de fazer ou não uso dos medicamentos e que, caso queira receber, assinará um termo de responsabilidade e autorização.

Demora na aquisição

A previsão inicial, segundo o prefeito Thiago Peçanha, era de que os medicamentos já estivessem disponíveis até o dia 23 do mês passado, no entanto, ocorreu demora na aquisição dos produtos.

A prefeitura ressaltou, por meio de nota, que optou por fazer licitação dos medicamentos, por ser mais seguro, coeso e transparente. Entretanto, explicou, na abertura da disputa, que ocorreu no dia 25, conseguiu adquirir dois dos quatro remédios que compõem o kit.

“Devido a necessidade de aquisição, após a licitação decidimos efetuar a compra dos outros dois medicamentos por meio de dispensa. Inclusive conseguimos uma cotação de preço no valor menor do foi esperávamos na licitação”, disse a prefeitura, em nota.


Fonte: Dia a Dia es - Alessandro de Paula

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.