Folha do ES
Sex, 25 de Jun
Gif Folha do ES

Home   Saúde     Espírito Santo


Gestantes e puérperas já podem se vacinar contra a Covid-19 em Cachoeiro

Gestantes e puérperas já podem se vacinar contra a Covid-19 em Cachoeiro

Elas devem procurar a unidade de saúde mais próxima de casa para receber a primeira dose. Foto: Márcia Leal/PMCI

  Por Kimberlly Soares

  07.maio.2021 às 08:50

Gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias de pós-parto) com mais de 18 anos, com e sem comorbidades, já podem procurar as unidades básicas de saúde de Cachoeiro para receberem a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

As gestantes devem apresentar cartão de pré-natal ou exame que comprova a gestação. Já as puérperas têm que apresentar a certidão de nascimento do bebê ou declaração de nascidos vivos, liberada pelo hospital.

A recomendação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) é buscar a unidade mais próxima de casa. O atendimento é feito das 7h às 16h.

Se a gestante ou puérpera tiver tomado a vacina contra a gripe (influenza), deve esperar um intervalo de, pelo menos, 14 dias para receber a dose contra o coronavírus.

Outros grupos de pessoas com comorbidades

Pessoas de 18 a 59 anos com fibrose cística ou obesidade mórbida – Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou maior do que 40 – também podem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência para se vacinarem. Será preciso comprovar a condição de saúde com laudo médico. No caso das pessoas com obesidade mórbida, se a pessoa não tiver laudo, um profissional de enfermagem da UBS fará o cálculo na hora.

Para pessoas de 18 a 59 anos com Síndrome de Down ou deficiência intelectual/mental (autismo, paralisia cerebral ou outras síndromes que desencadeiam a deficiência intelectual/mental), a vacinação é feita em instituições em que esse público é atendido, como a Apae. Se a pessoa não tiver vínculo com instituições, é necessário ir até a UBS mais próxima de casa. A Semus ressalta que, nesse grupo, não estão incluídas pessoas com transtornos mentais e psiquiátricos.

Para pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), a Semus está organizando a vacinação in loco, nos hospitais em que são atendidas.

Para vacinar pessoas com deficiência permanente, de 55 a 59 anos, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), será considerado o cadastro do programa e levantamento junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes).

Opção de pré-agendamento

Para esses grupos, a Semus também disponibiliza a opção de pré-agendamento da vacinação. Basta ligar para as unidades de saúde para marcar um horário.

Todas as doses recebidas pelo município para imunização desse público são da vacina Covishield/Fiocruz (Oxford/AstraZeneca).

Distribuição Imprensa – Assessoria de Comunicação Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim-ES


Fonte: Portal Maratimba

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.