Um homem, que não teve a identidade revelada pela polícia, foi morto a tiros após desobedecer a uma ordem da Polícia Militar para que largasse um canivete, no bairro Cachoeirinha, em Alfredo Chaves, na Região Serrana do Espírito Santo. De acordo com a polícia, ele estava alterado e tentou por duas vezes golpear os militares.

O caso aconteceu na tarde de domingo (3). A PM informou que militares que estavam no Pelotão de Alfredo Chaves e viram o homem sentado em frente ao portão da unidade policial.

Ao perceber a proximidade dos policiais, o suspeito avançou na direção dos militares segurando um canivete. Um dos policiais, que estava no interior de uma viatura, conseguiu pegar o gás de pimenta e disparou um jato na direção do suspeito, que não obedeceu às ordens da equipe para que soltasse o canivete.

A polícia informou que ele estava visivelmente alterado e começou a se afastar com o objeto em mãos. A polícia o acompanhou a pé pelas ruas da cidade, por aproximadamente 450 metros, temendo que ele pudesse fazer algo contra alguém.

Os policiais tentaram novamente convencer o homem a largar a arma, mas ele dava golpes no ar e em direção à equipe, em tom de ameaça. Eles utilizaram gás de pimenta para desestabilizá-lo, porém sem sucesso.

O homem então correu em direção os policiais, que atiraram. Ele foi atingido e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acionado, levando o suspeito ainda com vida para o Pronto Atendimento de Alfredo Chaves, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Sobre o caso, a Polícia Civil disse que ele sob investigação da delegacia de de Alfredo Chaves e detalhes da investigação não serão divulgados, no momento. O corpo do suspeito foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.