Redação - 12/03/2018 12h42 - Atualizado em 12/03/2018 12h46
Assassino por não gostar de punk mata rapaz
O assassino e seus amigos foram condenados por jogarem de um trem Cleiton da Silva Leite e Flávio Augusto do Nascimento Cordeiro
Neste domingo (11), policiais militares prenderem um homem condenado pela morte de um garoto e tentativa de homicídio de outro jovem, em Mogi das Cruzes/SP.
 
O crime ocorreu em 2003, e o assassino Vinícius Parizatto foi preso no km 28 da rodovia Ayrton Senna, no limite entre as cidades de São Paulo e Guarulhos, por volta das 21 horas. Ele aguardava o recurso em liberdade desde 2011, mas em 2017 o recurso acabou e Vinícius não se apresentou as autoridades.
 
O assassino e seus amigos foram condenados por jogarem de um trem Cleiton da Silva Leite e Flávio Augusto do Nascimento Cordeiro. Leite sofreu traumatismo craniano com exposição de massa encefálica e morreu em decorrência dos ferimentos. Cordeiro perdeu o braço direito.
 
Além de Parizatto, Juliano de Freitas foi condenado a 24 anos de prisão e Danilo Gimenes Ramos pegou 26 anos, oito meses e 25 dias de reclusão. O quarto envolvido, Flávio Augusto Nascimento Cordeiro, na época com 16 anos, foi  encaminhado para a Fundação Casa (antiga Febem).
 


Redação
Comentários: