Folha do ES
Dom, 28 de Nov
Receitas

Home   Estilo     Celebridades


Filhos querem bloqueio dos bens de Cid Moreira alegando cárcere privado

Filhos querem bloqueio dos bens de Cid Moreira alegando cárcere privado

Depois de vir à tona o processo de deserdar Roger Moreira, que por sua vez, processa Cid Moreira, agora junte a isso tudo o outro filho do jornalista, Rodrigo Radenzev Simões Moreira.

  Por Raphael Gomes

  21.julho.2021 às 16:22Atualizado em 21.julho.2021 às 16:26

Eita, parece que o caldo fica cada vez mais quente. Depois de vir à tona o processo de deserdar Roger Moreira, que por sua vez, processa Cid Moreira, agora junte a isso tudo o outro filho do jornalista, Rodrigo Radenzev Simões Moreira. Juntos eles entraram com uma ação de interdição no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, pedem bloqueios dos bens e revisão das contas bancárias de Cid Moreira, além do pedido de prisão da madrasta, atual esposa de Cid, Fátima Sampaio.Os dois alegam que Fátima “dilapidou o patrimônio, transferindo os bens do jornalista para o seu nome”.

O advogado da dupla, Dra Ângelo Carbone, afirmou ao jornal O Dia:

“Os dois filhos do Cid Moreira me procuraram porque estão preocupados com o pai, que está passando por um momento muito difícil. Ele tem 93 anos e a impressão que dá é que ele está sendo usado. Estão tirando todo o patrimônio e eu vou buscar o Ministério Público, a Justiça, a Policia, o Juizado da Família e principalmente a Delegacia do Idoso para que supram essa situação difícil que o pai está passando. Estou bloqueando todos os bens e estou pedindo é Justiça.”

INTERDIÇÃO

A ação tramita na Vara de Família e Registro Civil da Comarca de Petrópolis (RJ), próximo à Itaipava, local onde o ex-apresentador do Jornal Nacional mora. Roger e Rodrigo afirmam que Cid (93), está com sintomas de demência e tem liberdade restrita por conta de decisões tomadas pela esposa, que o manteria em cárcere privado.

Está nos autos que “Cid Moreira é uma pessoa idosa, senil, está vulnerável e que desconhece o que faz e atualmente, não tem condições de administrar seus bens”. Os filhos também alegam que Fátima tem em seu poder “uma procuração duvidosa com a qual está manipulando tudo e passando tudo para ela, ou para seus familiares”.

RASTREAMENTO DE PATRIMÔNIO

Roger e Rodrigo pedem ainda que a Justiça rastreie todo o patrimônio do pai, avaliando tudo que foi vendido durante a união atual. Querem prestações de contas e até uma solicitação para que a Globo informe tudo que foi pago a Cid Moreira, com o intuito de fiscalizar o que rolou nos últimos dez anos.

PRISÃO DA MADRASTA

É apurado também um pedido de prisão preventiva da mulher do comunicador.

“Diante da gravidade dos fatos e da tentativa da querelada em tentar mudar provas, contatar testemunhas, que seja decretada a prisão provisória da mesma por 30 dias, prorrogando-se até que tudo seja apurado ou surja uma preventiva”.

Roger contou, numa conversa ao portal UOL, que Fátima controla até os posts nas redes sociais de Cid e que mantém a família afastada.

“O que posso dizer agora é que a verdade vai aparecer em breve. Ele é uma vítima. Se não fossemos impedidos, nós filhos estaríamos convivendo com ele. Amamos ele e não podemos nos aproximar porque ela não deixa”, afirmou Rodrigo.

Ainda no documento protocolado pela Justiça, existe uma informação de maus tratos a Cid Moreira.

“Têm-se notícias que a mesma agride o idoso, deixa sem medicação, serve comida vencida ou estragada por 15 dias em pleno cárcere privado, e o pior, sem a sua presença ela some para fazer compras e se enturmar com os amigos”, diz o documento.

ENTENDA O CASO ONDE FILHO FOI DESERDADO

A vida de Cid Moreira é bem discreta. O jornalista, de vozeirão conhecido por seus milhares de “boa noite” em edições do Jornal Nacional, Fantástico e outras atrações da Rede Globo, aparece agora envolvido em uma ação para deserdar o filho adotivo, Roger Felipe Moreira.

O rapaz trouxe à tona o que está acontecendo, ao conversar com Fabíula Reipert no “Balanço Geral”, da Record TV. O moço afirma ter um documento onde Cid o deserda.

Cabeleireiro, Roger exibiu o tal documento, onde Moreira afirma que o rapaz não faz parte do seu testamento.

“Você continua sendo meu filho adotivo porque não consegui reverter a adoção. Fiz um documento e deserdei você. Escrevi de próprio punho e assinei. Juntei pareceres de profissionais da saúde para provar que não estou senil. Foi um engano te adotar. Fico feliz em saber que você está sendo capaz de se manter”, diz um trecho do documento.


Fonte: O Fuxico

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.