Folha do ES
Dom, 12 de Jul
Rádio Cidade

Home   Estilo     Comportamento


Sete maneiras de um traidor partir seu coração (mais uma vez)

Sete maneiras de um traidor partir seu coração (mais uma vez)

Aprender sobre a infidelidade pode ser apenas o começo de sua dor.

  Por Redação

  16.janeiro.2020 às 15:40

A traição da infidelidade está, sem dúvida, entre as experiências emocionais mais dolorosas que um adulto pode ter. Não há nada parecido com a dor/medo/raiva que você sente quando descobre que um parceiro supostamente monogâmico estava te traindo. O sentimento de traição é avassalador e pode deixar você com a sensação de que nunca mais poderá confiar nele (ou em qualquer outra pessoa). Dito isto, é possível que você ainda ame seu parceiro e queira ficar junto, desde que ele conserte as coisas.

É provável que seu parceiro tenha se desculpado, provavelmente profusamente, por machucá-lo. Você provavelmente também sabe que isso não é suficiente e nunca será suficiente. Ele também terá que trabalhar duro para reconstruir a confiança no relacionamento, sendo honesto e franco com você em todos os assuntos daqui em diante. E ele irá planejar e promete fazer isso. Ainda assim, seu parceiro pode continuar a partir seu coração, provavelmente de uma ou mais das seguintes maneiras, segundo estudos do site de relacionamento sugar, Meu Rubi:

1. Continuando a trair

Uma porcentagem significativa de homens que traem não param, independentemente das consequências. Eles continuam, mesmo depois que sua infidelidade (ou parte dela, de qualquer maneira) foi descoberta, e mesmo quando seu mundo está desmoronando ao seu redor. A boa notícia é que nem todos os homens se enquadram nessa categoria. Muitos sentem profundo remorso e alteram seu comportamento, uma vez descoberto, sem escorregar. Mas outros não podem ou não querem, e isso é miserável para o parceiro traído.

2. Continuando a mentir e guardar segredos

Depois que os parceiros infiéis são capturados, sua tendência natural é continuar mentindo, encobrindo, guardando segredos e admitindo apenas verdades parciais. Mesmo que parem de trair, podem continuar enganando em outras frentes. Para um parceiro traído, isso pode ser tão doloroso e prejudicial para um relacionamento quanto a infidelidade real.

3. Culpar qualquer um, menos a si mesmo

Externalizar a culpa - tornar o problema culpa de outra pessoa - uma tática que os parceiros geralmente usam para racionalizar e justificar seu comportamento. Isso pode ser incrivelmente doloroso para o parceiro traído. O que você quer que ele faça é admitir o que fez e assumir a responsabilidade, mas ele prefere culpar os outros - incluindo você - por suas decisões.

4. Desculpar, depois esperar, ou exigir, perdão imediato

Alguns traidores pedem desculpas e acham que esse deve ser o fim da discussão: Água debaixo da ponte. E eles ficarão frustrados ou zangados quando um parceiro não vê da mesma maneira. Eles não "entendem" que eles destruíram sua confiança neles e seu relacionamento com enganar, mentir e guardar segredos, e que você não os perdoará até que eles mudem.

5. Tentando comprar perdão

Um dos erros mais comuns que os infiéis cometem é tentar sair da briga com flores, jantares, viagens, jóias etc. Se o seu parceiro já tentou isso, sabe que não funciona. Presentes, não importa quão caros ou atenciosos, não podem desfazer o trauma causado pela infidelidade. Eles nunca tiveram, e nunca terão.

6. Usando agressão ou ameaças para controlar você

Às vezes, para fazer com que um parceiro irado "se acalme", um infiel ameaça o divórcio, um corte no apoio financeiro e assim por diante. Às vezes, um infiel pode intimidar temporariamente seu parceiro traído até a submissão. Eles não entendem que, quando fazem isso, geram uma barreira emocional no relacionamento.

7. Tentando acalmá-lo

Seu parceiro já disse algo como: ‘’Relaxe, isso não é grande coisa. Você está exagerando. Você sabe que eu te amo e sempre o amei.’’ Essas tentativas de acalmá-lo, mesmo que sejam temporariamente bem-sucedidas, não podem e não consertam a perda da confiança no relacionamento causada pela infidelidade. Além disso, essas tentativas de acalmá-lo são dolorosas, porque ele está basicamente dizendo que sua raiva por trair não importa para ele.

Se o seu parceiro se envolver em um ou mais desses comportamentos, pode doer tanto quanto, e talvez até mais, a própria infidelidade. A boa notícia é que isso não significa que seu relacionamento acabou ou que não é possível salvá-lo. Significa simplesmente que seu parceiro tem muito trabalho a fazer para restaurar a confiança no relacionamento, corrigir as coisas e restabelecer a intimidade.


Fonte: Imprensa Meu Rubi

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.