Folha do ES
Seg, 28 de Nov

Home   Economia     Brasil


Auxílio caminhoneiro começa a ser pago nesta terça. Veja regras

Auxílio caminhoneiro começa a ser pago nesta terça. Veja regras

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, receberão as duas parcelas do benefício, nesta primeira etapa, 190,8 mil profissionais

  Por Redação

  09.agosto.2022 às 08:54

O governo federal começa a pagar, nesta terça-feira (9/8), o Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga, conhecido como BEm-Caminhoneiro, a 190,8 mil profissionais da categoria. Os trabalhadores receberão R$ 2 mil, referentes aos meses de julho e agosto.

A previsão é a de que o benefício seja pago em seis parcelas de R$ 1 mil, até dezembro de 2022, respeitando o limite global de recursos.

O terceiro lote deve estar disponível para pagamento em 24 de setembro, e as demais parcelas nos dias 22 de outubro, 26 de novembro e 17 de dezembro.

Confira quem pode receber o benefício e quais são as regras:

  • transportadores de carga autônomos devidamente cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C) até 31 de maio de 2022
  • os caminhoneiros não precisarão apresentar comprovantes de gastos com diesel para serem contemplados
  • os profissionais deverão estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o CPF válidos; e
  • o benefício será pago para cada transportador autônomo independentemente da quantidade de veículos que possuir, no valor de R$ 1 mil

Os valores serão depositados por meio de poupança social digital, operacionalizada pela Caixa Econômica Federal, por meio do aplicativo Caixa Tem. Recebendo o montante, o trabalhador deve movimentá-lo em até 90 dias, caso contrário, o valor retornará ao governo federal.

Assim como o incremento no Auxílio Brasil e no vale-gás, o benefício aos caminhoneiros e aos taxistas são apontadas como ações eleitoreiras do governo, que ampliaram em R$ 41,25 bilhões o gasto com programas sociais vigentes e os novos até o fim do ano. Apenas com o auxílio aos caminhoneiros, o governo gastará R$ 5,4 bilhões.

A PEC dos Auxílios, como ficou conhecida, foi promulgada pelo Congresso no dia 14 de julho. Veja mais detalhes sobre ela:


Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.