Folha do ES
Sáb, 5 de Dez

Home   Esporte     Espírito Santo


Com grande primeiro tempo, Colômbia vence fácil a Venezuela na estreia

Com grande primeiro tempo, Colômbia vence fácil a Venezuela na estreia

Dupla da Atalanta faz a diferença, com dois gols de Muriel e um de Zapata, e time de Carlos Queiroz deixa boa impressão. Partida é marcada por grave lesão de lateral Santiago Arias

  Por Leandro Bettecher

  10.outubro.2020 às 08:09

  • Resumão

    Em um dia de boas e más notícias para a Colômbia, o time de Carlos Queiroz precisou de apenas 45 minutos para deixar uma ótima impressão. No Metropolitano, em Barranquilla, a equipe liderada por James Rodríguez fez 3 a 0 no primeiro tempo e garantiu fácil vitória contra a Venezuela, pela primeira rodada das eliminatórias. Muriel, duas vezes, e Zapata fizeram os gols colombianos. A má notícia? O lateral Santiago Arias sofreu uma grave lesão no tornozelo e deve ficar muito tempo longe dos gramados.

    James Rodríguez comemora gol com Cuadrado e Zapata na vitória da Colômbia contra a Venezuela

    James Rodríguez comemora gol com Cuadrado e Zapata na vitória da Colômbia contra a Venezuela (Foto: Gabriel Aponte/EFE)

  • A TABELA

    A Colômbia conquista os três pontos e fica em segundo, atrás do Brasil, que tem melhor saldo de gols. Os Cafeteros agora enfrentam o Chile, em Santiago, na próxima terça-feira. A Venezuela vai tentar se recuperar diante do Paraguai. Recebe a Albirroja em Mérida, também na terça-feira.

  • JOGO DE UM TEMPO SÓ

    A Colômbia foi agressiva desde o início. Com espaço, James Rodríguez distribuiu bem o jogo, caiu pelos dois lados, e a Venezuela sofreu. Mas, antes de qualquer gol, os donos da casa tiveram um baque. Aos oito minutos, o lateral Arias sofreu uma grave lesão no tornozelo e foi substituído. Pouco depois, aos 15, James acionou Cuadrado na direita, e o jogador da Juve cruzou para Zapata mandar para o gol.

    Luis Muriel comemora um de seus dois gols pela Colômbia contra a Venezuela

    Luis Muriel comemora um de seus dois gols pela Colômbia contra a Venezuela (Foto: Gabriel Aponte/EFE)

    O segundo gol não demorou. Em linda jogada de Mojica pela esquerda, o lateral cruzou para Luis Muriel, que finalizou bem, no contrapé de Fariñez. O terceiro saiu nos minutos finais da primeira etapa, novamente nos pés do camisa 19. Em arrancada pela esquerda, o atacante da Atalanta invadiu a área e finalizou cruzado: 3 a 0.

  • O DRAMA DE ARIAS

    Uma imagem forte marcou a partida. Aos oito minutos, o lateral Santiago Arias disputou bola com Machís e prendeu o pé esquerdo no gramado. Ainda não houve comunicado oficial, mas a suspeita é que ele tenha fraturado o tornozelo. O árbitro equatoriano Guillermo Guerrero chegou a expulsar o atacante venezuelano, mas, após alerta do VAR, foi ao monitor e viu que o colombiano se lesionou sozinho.

    Santiago Arias é levado após grave lesão no tornozelo esquerdo durante Colômbia x Venezuela

    Santiago Arias é levado após grave lesão no tornozelo esquerdo durante Colômbia x Venezuela (Foto: Mauricio Dueñas/EFE)

    Arias foi levado por uma ambulância para receber o atendimento. A imprensa colombiana diz que a expectativa é que ele fique longe dos gramados por pelo menos seis meses. Aos 28 anos, ele chegou nesta temporada ao Bayer Leverkusen e havia feito apenas uma partida pelo novo clube. A equipe alemã e a seleção colombiana publicaram mensagens de apoio ao jogador


Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.