Folha do ES
Dom, 27 de Nov
Receitas cofril

Home   Estilo     Bem Estar


Hepatite viral: saiba mais sobre doença que tirou David Luiz de campo

Hepatite viral: saiba mais sobre doença que tirou David Luiz de campo

Inflamação no fígado pode ter várias causas. Jogador passará por exames para descobrir qual tratamento será necessário

  Por Redação

  25.agosto.2022 às 16:03

O zagueiro David Luiz, do Flamengo, foi substituído no intervalo da partida contra o São Paulo, na quarta-feira (24/8), devido a uma hepatite viral. A doença infecciosa pode ser causada pelos vírus A, B, C, D ou E, ou mesmo ser consequência de outras viroses que provocam inflamação no fígado.

Ao sair do campo, o esportista afirmou estar com um “probleminha sério”. Em comunicado nesta quinta (25/8), o Flamengo anunciou que o zagueiro já havia passado mal antes do jogo, apresentando cansaço, além de ter dormido mal. Como existem vários tipos e formas diferentes de transmissão, o clube irá realizar exames para investigar qual o caso do jogador e, assim, realizar o tratamento adequado.

“No caso dos vírus que causam as hepatites virais, eles têm o fígado como o principal alvo de sua ação e são muito diversos, tendo características e mecanismos de transmissão muito diferentes uns dos outros”, explica o médico infectologista David Urbaez, do grupo Exame Medicina Diagnóstica.

Mais comuns

As hepatites virais mais comuns no Brasil são causadas pelos vírus A, B e C, sendo que existe vacina para os dois primeiros tipos. As hepatites B ou C podem se tornar crônicas e resultar em complicações como fibrose, cirrose e até mesmo câncer no fígado. Os vírus das hepatites D e E são mais raros no Brasil, mas existem casos registrados no Norte do país.

“A heptatite A geralmente é benigna e autolimitada, ou seja, vai embora com o tempo, em vez de evoluir para casos crônicos, como nos tipos B e C. Ela é contraída quando há contato com água ou alimentos contaminados com fezes. Durante a fase aguda, apresenta sintomas como fadiga, icterícia (pele amarelada), febre e náuseas”, afirma o infectologista Alexandre Cunha, do Hospital Sírio Libanês.

Cunha acredita que, pelos sintomas relatados, esse é o caso do zagueiro do Flamengo, apesar de não ter tido acesso ao diagnóstico médico do atleta.

Os sintomas mais comuns da hepatites virais são:

  • cansaço;
  • febre;
  • mal-estar;
  • tontura;
  • enjoo;
  • vômitos;
  • dor abdominal;
  • pele e olhos amarelados;
  • urina escura;
  • fezes claras.

Tratamento

A possibilidade de tratamento varia de acordo com o subtipo da doença infecciosa. No caso da hepatite A, não existem medicamentos específicos, há apenas medicamentos para reduzir os sintomas. Nos tipos B e C, o tratamento é feito com antivirais próprios para a condição.


Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.