Folha do ES
Seg, 28 de Set
Carlos Henrique

Home     Política


Confirmação de nome da sucessão intensifica corrida por alianças em Viana

Confirmação de nome da sucessão intensifica corrida por alianças em Viana

Cabo Max, tudo indica, será o principal adversário da máquina

  Por Yasmin Silva

  10.agosto.2020 às 17:14Atualizado em 10.agosto.2020 às 17:21

A recente confirmação do candidato à sucessão do prefeito de Viana, Gilson Daniel (Podemos), o ex-secretário Wanderson Bueno, do mesmo partido, deu a largada que faltava na corrida por alianças no município. Enquanto o prefeito usa o pouco tempo que tem para apresentar o nome ao eleitorado, ainda desconhecido, e tenta manter o arco que o reelegeu, os nomes que se localizam no campo oposto se esforçam para aglutinar forças e encarar a máquina. Apesar dos vários pré-candidatos já anunciados, a atenção do mercado político está no vereador Cabo Max (PP), que faz mandato combativo na Câmara, já "peitou" autoridades publicamente, como o ex-governador Paulo Hartung, é crítico da atual gestão, e vem de uma disputa eleitoral à Câmara dos Deputados em 2018, de 29,7 mil votos (ficou na terceira suplência pela regra da coligação). O partido de Cabo Max fechou com o DEM e o Pros e busca oficializar apoio de cinco outras legendas: PV, MDB, Avante, PDT e PTB, todos com pré-candidatos anunciados, nesta ordem: a advogada Lucinete Deolindo, o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Wylis Lyra, a jornalista Cida Rocha, o ex-vice-prefeito de Gilson Daniel, José dos Santos da Silva, o Faustão, e o ex-prefeito Demostenes de Carvalho. Caso subam ao altar, de fato, para um casamento eleitoral, quase empatarão em número com os partidos da base, hoje PSDB, Rede, PSB, PSD, Republicanos, PT, PSC e Patriotas. Perguntas: Gilson Daniel, apesar de ter gestão bem avaliada, conseguirá apresentar, convencer e emplacar seu candidato até novembro deste ano? Cabo Max se consolidará como principal adversário do campo de oposição ou o prefeito terá êxito em dissolver o grupo? E o PSB, do governador Renato Casagrande, aliado de Gilson, como se comportará? Faz a melhor estratégia ao abrir mão da candidatura própria do presidente da Câmara, Fábio Dias? Tem ainda seu outro aliado fiel, o presidente do PP e secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, que tem na candidatura de Cabo Max uma das prioridades do partido. Não vai ter apoio do Palácio Anchieta? Até o final deste mês e início de setembro, período das convenções para confirmação das chapas, as mesas de negociação e o "funil" eleitoral no município prometem!

Xadrez eleitoral II

O PV em Viana, que conversa com Cabo Max, também está no campo de influência de mais um secretário estadual, Fabrício Machado, de Meio Ambiente. Ele chegou a ser cotado como candidato, mas desistiu, anunciando Lucinete, que tentou a Câmara de Vereadores em 2016, pela Rede Sustentabilidade.

Urnas

Na última eleição, em 2018, dos 29,7 mil votos de Cabo Max, 17,56% (maior porcentagem) foram em Viana, com 6.245 votos. O vereador é peça do Projeto Político Militar (PPM) do Estado.

Juventude

O ex-prefeito Demóstenes Carvalho Soares (PTB), que comandou o município há muito tempo (1983-1987), retornou à cena dizendo querer discutir uma "aliança unindo a experiência com a juventude da nova política de Viana".

Antes e depois

Levantamentos internos do grupo de Cabo Max, que circularam nos bastidores antes da confirmação de Gilson Daniel, colocavam o vereador e o ex-prefeito Demostenes no topo dos gráficos em relação aos demais potenciais candidatos. No novo cenário, veremos as mudanças.

Em campo

O vice-prefeito de Vitória, Sérgio Sá (PSB), aproveita as redes sociais em tempos de pandemia do coronavírus para efetivar seu projeto eleitoral, com seminários online, dividido por regiões. Também tem se reunido com lideranças comunitárias em várias reuniões, ao lado do pai, o deputado estadual José Esmeraldo (MDB).

'Normaliza'

A deputada federal Norma Ayub (DEM) batizou sua candidatura à prefeitura de Marataízes (sul do Estado) de "Normaliza". Ela enfrentará o prefeito Tininho (PDT) e o clima no município já é de batalha eleitoral. O DEM tem denunciado a gestão estadual por propaganda antecipada, já com decisão favorável da Justiça.

Demanda urgente

O deputado federal Helder Salomão (PT) é o único da bancada capixaba que assinou, junto com outros 20 parlamentares, requerimento de criação de grupo de trabalho para elaborar agenda legislativa contra o racismo e violência contra a população negra. Pauta urgente e necessária.

Lista

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, presidida por Helder, já comunicou à Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o caos na Fundação Cultural Palmares, presidida por Sérgio Camargo, que já fez inúmeras declarações absurdas contra o movimento negro; a letalidade policial e o genocídio; os ataques a comunidades de religiões de matriz africana, o crescimento do neonazismo; e dados sobre a desigualdade e o impacto desproporcional da Covid-19.


Fonte: Século Diário - MANAIRA MEDEIROS

Comentários Facebook


Enquete


Hoje, você manteria seu voto de 2016 para prefeito?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.