Folha do ES
Sáb, 5 de Dez

Home   Saúde     Espírito Santo


Criança que morava no hospital infantil de Vitória tem alta após seis anos

Criança que morava no hospital infantil de Vitória tem alta após seis anos

  Por Redação

  26.outubro.2020 às 11:27

Dia de festa para a pequena Anna Isabeli, de 7 anos, familiares e profissionais do Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG), em Vitória. A paciente recebeu alta após permanência no hospital desde os seis meses de idade. A alta foi na tarde dessa sexta-feira (23).

Anna possui Atrofia Muscular Espinhal (AME) – Tipo 1. De acordo com a médica pediatra e diretora técnica do hospital, Isabel Carvalho, a criança apresenta condições de desospitalização após fazer uso de medicação específica e obter o suporte necessário para a permanência em casa.

“Trabalhamos com a possibilidade de desospitalização da paciente desde o mês de agosto. Por ser uma doença que não tem cura, a família está estruturada e munida de toda a informação possível sobre o manejo de rotina dela”, disse a médica.

Isabel Carvalho explicou que um protocolo de desinternação foi preparado para Anna, permitindo que ela possa retornar ao hospital para as consultas periódicas, inclusive para tomar a medicação. Em todas essas ocasiões, ela precisa ser transportada em uma ambulância com suporte avançado.

A despedida da criança foi recheada de emoção, tanto da equipe do hospital quanto da família. Acompanhada do pai, da mãe e do irmão, que tem 13 anos, Anna Isabeli recebeu presentes e muitas manifestações de carinho em forma de cartazes, bolas coloridas, cartinhas e aplausos.

A mãe de Anna, Shirley dos Passos Lima, agradeceu o apoio de toda a equipe do hospital durante todos esses anos. “Agora poderemos ficar juntos em casa como família. Até então isso não era possível porque Anna morava no hospital, desde 31 de janeiro de 2014. Durante esse tempo, não nos faltou o suporte necessário e também o amparo dos profissionais nos momentos mais difíceis. Hoje é um dia de festa! Somos muito gratos por todo o atendimento que recebemos”, relatou.

Shirley chegou a fazer curso de técnico de enfermagem para cuidar melhor da filha. “O aprendizado na rotina do hospital já foi grande e o curso favoreceu ainda mais esse aprendizado”, comentou.

Profissionais

A assistência multidisciplinar para Anna Isabeli contou com uma equipe de profissionais do HINSG, capacitados nas áreas de Fisioterapia, Fonoaudiologia, Enfermagem, Psicologia, Serviço Social, Nutrição, Pneumologia, Neurologia, Pediatria e Cirurgia de Tórax.

A enfermeira Sandra Cristina Oliveira disse que cuidar da “Aninha” foi um aprendizado diário. “Cuidar dela foi uma experiência marcante para todos os profissionais da linha de frente no cuidado. Desejo que ela tenha uma vida familiar maravilhosa, que essa nova etapa seja muito positiva para a vida dela e seu futuro”, declarou.

O fisioterapeuta Leonardo Luchi, classificado pelos colegas como o “queridinho” da Anna, estava emocionado. “A despedida é sempre difícil. Todos que participamos do cuidado com ela nos dedicamos muito. A cada nova resposta ao estímulo é uma comemoração. Desejo que ela seja muito feliz agora cercada de amor pela família e amigos”, relatou.

Parte do trabalho da equipe foi evitar a progressão da doença. “Além de proporcionar a conquista de alguns movimentos, ela se adaptou a uma nova modalidade de ventilação, que é o bipap. Por isso, ela não precisou voltar para ventilação mecânica”, acrescentou o fisioterapeuta.

Após todas as homenagens, Anna Isabeli e sua família se despediram do hospital e seguiram na ambulância de suporte avançado para sua casa em Cariacica.


Fonte: Es Hoje

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.