Folha do ES
Ter, 20 de Out

Home   Esporte     Brasil


Autoridades de saúde do Equador estudam proibir jogo entre Barcelona e Flamengo

Autoridades de saúde do Equador estudam proibir jogo entre Barcelona e Flamengo

Prefeitura de Guayaquil faz vistoria no hotel da delegação rubro-negra. Sete jogadores e dois integrantes do departamento de futebol estão infectados com a Covid-19

  Por Leandro Bettecher

  22.setembro.2020 às 14:38

Preocupadas com os casos de coronavírus na delegação do Flamengo, autoridades de saúde de Guayaquil estão no hotel do clube na cidade equatoriana. Para evitar danos à saúde pública do município, a prefeitura estuda interditar o estádio onde seria realizado o jogo entre Barcelona e Flamengo, nesta terça-feira, pela Copa Libertadores, o que forçaria o adiamento da partida.

A prefeita de Guayaquil, Cynthia Viteri, postou a seguinte mensagem às 13h13 em sua conta no Twitter:

- Ao ser de conhecimento público que um grupo de jogadores do Flamengo testou positivo para a Covid, mandei uma equipe do município, integrada pelos departamentos de Saúde, Riscos e Esportes, ao local onde estão hospedados, para executar um informe técnico e decidir as ações a seguir.

Procurada pelo Globo Esporte, a Conmebol informou que o jogo está mantido. A entidade vai esperar o relatório das autoridades de saúde de Guayaquil.

Exames realizados nos últimos dias mostraram que sete jogadores rubro-negros estão contaminados com a Covid-19, além de dois integrantes do departamento de futebol: o médico Márcio Tannure e o ex-zagueiro Juan.

Os atletas do Flamengo infectados são Isla, Matheusinho, Filipe Luís, Diego, Michael, Vitinho e Bruno Henrique.

Jogadores do Flamengo durante treino em Guayaquil — Foto: Divulgação Flamengo

Jogadores do Flamengo durante treino em Guayaquil — Foto: Divulgação Flamengo

As autoridades equatorianas chegaram ao hotel em Guayaquil quase ao mesmo tempo em que o avião que leva quatro jogadores do Flamengo ao Equador saiu de Manaus. Após longo atraso, a aeronave com João Lucas, Natan, Guilherme Bala e Rodrigo Muniz deixou a capital amazonense às 13h20, com previsão de chegada a Guayaquil às 16h20. O jogo está marcado para as 19h15.

O protocolo da Conmebol não prevê adiamento de jogo sob nenhuma hipótese. No entanto, as autoridades equatorianas acreditam que a partida pode botar em risco a saúde dos envolvidos.

A Conmebol havia permitido a inscrição de até 50 jogadores por time na Libertadores para evitar os adiamentos, já que faltam datas no calendário sul-americano após a paralisação dos campeonatos. A entidade prevê que times devem entrar em campo mesmo se tiverem apenas sete jogadores à disposição. Quando o número for inferior a esse, a equipe perderia por WO.

O jogo entre Barcelona e Flamengo é válido pela quarta rodada do Grupo A da Libertadores. O time equatoriano ocupa a lanterna, com três derrotas em três jogos, enquanto o Rubro-Negro é vice-líder da chave, com 6 pontos.


Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.