Folha do ES
Qui, 27 de Fev

Home   Esporte     Espírito Santo


São Mateus desiste de contratar o goleiro Bruno

São Mateus desiste de contratar o goleiro Bruno

Após repercussão negativa, o São Mateus desiste de contratar o goleiro Bruno, ex-Flamengo, para o Capixabão

  Por Redação

  02.fevereiro.2020 às 20:20

O futebol capixaba foi, por algumas horas, um possível destino do goleiro Bruno. O São Mateus, que no sábado (01) venceu o Rio Branco, no estádio Sernamby, por 1 x 0, pela segunda rodada do Capixabão, confirmou na tarde de sexta-feira (31) que o ex-jogador do Flamengo foi oferecido e a contratação aprovada pela diretoria.

Após a repercussão negativa, o clube soltou uma nota na noite do mesmo dia afirmando que não entraria mais em negociação com Bruno, embora continuasse afirmando que o atleta teria sido oferecido.

Pouco antes da divulgação da nota, Ingrid Calheiros, mulher de Bruno, postou nas redes sociais que a informação de ele ter sido oferecido ao São Mateus era falsa. “Ele não foi oferecido a ninguém, primeiro porque não é oferenda, e segundo porque não fomos procurados e desconhecemos qualquer proposta desse clube”, escreveu.

Durante o dia, o diretor de futebol do São Mateus, Pedro Arthur, afirmou que a oferta foi feita por um intermediário. “Nossa diretoria é composta por 10 membros. Levamos a questão para ser discutida internamente e a contratação foi aprovada pelo conselho deliberativo. Agora vamos dar prosseguimento à negociação”, disse.

O dirigente mateense afirmou que o clube não via problema em contar com o goleiro, preso em 2010 e condenado em 2013 pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho.

“Obviamente não concordamos com o que aconteceu no passado, mas o clube aposta na ressocialização das pessoas. Todos têm o direito de seguir a vida após cometer um erro. Mas, como ele é famoso, ex-jogador do Flamengo, as pessoas ficam em cima”, ponderou o diretor, horas antes de o clube dar por encerrada a negociação.

Bruno, recentemente, defendeu o Poços de Caldas, de Minas Gerais, e foi sondado pelo Operário de Várzea Grande (MT). Mas a pressão de torcedores e patrocinadores fez com que a volta dele ao futebol fosse encurtada.

O São Mateus enfrentou neste sábado (01) o Rio Branco. O confronto contou com torcida única. Segundo laudo técnico emitido pela Polícia Militar, o Sernamby não possui condições de receber torcida visitante com segurança.

Goleiro capa-preta, Alan Faria lamentou a decisão. “Fico desapontado. Já estou na segunda temporada no Rio Branco e foi a primeira vez que não tivemos nosso torcedor na arquibancada”.


Fonte: Tribuna Online

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.