Folha do ES
Sáb, 26 de Set
folha

Home   Esporte     Espírito Santo


Lutadores capixabas são convocados para a Seleção Brasileira de Boxe

Lutadores capixabas são convocados para a Seleção Brasileira de Boxe

  Por João Machado

  24.julho.2020 às 09:02

Os boxeadores capixabas Ronald Ribeiro e Yuri Falcão foram convocados para a Seleção Brasileira de Boxe Olímpico, nessa segunda-feira (20). O convite veio por meio da Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe), que avaliou os resultados dos atletas em competições nacionais nos últimos dois anos para tomar a decisão.

Agora os lutadores, que já estão em São Paulo, vão participar de uma base de treinamentos junto à Seleção Olímpica, com o objetivo de preparar os atletas para as competições internacionais de 2021. Os treinos devem começar no dia 1º de agosto, após a realização de exames e testes, que visam a prevenir a contaminação pelo novo Coronavírus (Covid-19).

Aos 17 anos, Yuri Falcão, lutador da categoria de 57 kg, foi considerado, em 2019, como melhor atleta brasileiro juvenil de sua modalidade. A paixão pelo esporte é de família, pois seu tio Esquiva Falcão, que atualmente concorre na eleição da Calçada da Fama, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), é boxeador capixaba e ganhou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres (2012).

Empolgado com a convocação, Yuri expressou sua felicidade e comentou sobre o que espera com essa preparação junto à Seleção.

“Estou muito feliz, espero fazer um bom serviço atuando na seleção, vamos treinar juntos com a equipe titular e almejo aprender coisas novas com os que já estão lá dentro, assim como poder contribuir com aquilo que já sei”, relatou Falcão.

Com a mesma idade de Yuri, Ronald Ribeiro, que compete na categoria de 52 kg, é tricampeão capixaba e conquistou o Campeonato Brasileiro de 2018. O atleta é filho de Ronaldo Andrade, presidente da Federação Capixaba de Boxe (Fecab), e diretor do projeto R-Boxe, em Vila Velha, onde Ronald iniciou no esporte. Agora, emocionado com a notícia, o atleta juvenil afirmou que a convocação é a realização de um sonho.

“Eu fico muito feliz com a convocação, porque é o que sempre sonhamos desde que eu comecei, eu e meu pai, e depois de muito trabalho conseguimos chegar. Eu espero fazer um bom trabalho, pretendo dar o meu melhor”, afirmou o boxeador.


Fonte: Governo do Estado

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.