Folha do ES
Sex, 7 de Ago
30 anos da FOLHA DO ES

Home   Especial     Opinião


ALERTA: Perfil nas redes sociais incentiva o suicídio de crianças, diz Polícia

ALERTA: Perfil nas redes sociais incentiva o suicídio de crianças, diz Polícia

  Por Yasmin Silva

  25.junho.2020 às 08:47

Surgiu nas redes sociais mais um perfil com o objetivo de induzir o suicídio de crianças e adolescentes, segundo informações da Polícia Civil de Santa Catarina repassadas para a sociedade, a fim de alertar pais e mães sobre os riscos envolvidos.

Se trata de um perfil, neste caso vários deles, que utilizam o nome “Jonathan Galindo” e tem uma aparência do personagem do desenho animado Pateta.

Segundo a polícia, eles trazem mensagens e montagens que assustam os menores com terror e conteúdo que induz ao suicídio. Não se sabe ao certo a sua origem, mas sabe-se que o perfil do “Homem Pateta” circula em vários países desde 2017.

Ao entrar em contato com os indivíduos que utilizam os personagens, as crianças e adolescentes são alvos de mensagens com supostos desafios, semelhantes aos que também repercutiram na época do jogo “Baleia Azul”, informou a Tribuna Online.

A psicóloga Marisa Lobo tomou conhecimento do perfil e também fez um alerta aos pais, lembrando de outro perfil chamado “Momo”, que também foi investigado pela acusação de induzir o suicídio de jovens.

No caso do Pateta, ela disse que “eles estão até fazendo chamadas de vídeo, são perversos, se aproveitam da vulnerabilidade psicológica das nossas crianças em tempos de isolamento, pois muitos pais tem sido relapsos e imprudente, negligenciando o perigo das redes sociais”, afirmou Marisa em sua rede social.

Com o maior isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, crimes dessa natureza encontram maior facilidade devido ao maior tempo que crianças e adolescentes ficam no computador e celular.

“É importante que os pais tenham conhecimento, acesso as redes, e que tenha total acesso ao conteúdos privados, crianças não podem ter conteúdos privados que seus pais não possam acessar”, explica a psicóloga.


Fonte: Opinião Crítica

Comentários Facebook


Enquete


Como está a segurança pública na sua região?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.