Folha do ES
Dom, 9 de Ago
30 anos da FOLHA DO ES

Home   Geral     Espírito Santo


Mulher falecida há quase 2 anos consta como viva nos dados da UTI da Santa Casa

Mulher falecida há quase 2 anos consta como viva nos dados da UTI da Santa Casa

  Por Yasmin Silva

  27.julho.2020 às 09:59Atualizado em 27.julho.2020 às 16:08

Uma família desesperada entrou em contato conosco para denunciar a falta de profissionalismo e consistência no serviço da Santa Casa. Isso porque, recentemente, a referida entrou em contato com o senhor Oswaldo para informar que sua irmã, que está falecida há cerca de 1 ano e 7 meses, precisava de acompanhante no isolamento do hospital.

A família ficou sem entender nada com a ligação recebida da Santa Casa. A instituição, por telefone, confirmou todos os dados cadastrais da dona Maria Gonçalves da Silva – nome dos pais da senhora falecida, nome dos irmãos e até dos filhos. Outro fato interessante é que eles confirmaram o motivo do nome do senhor Oswaldo estar como acompanhante – segundo o hospital, é porque a filha está morando no Rio de Janeiro e não pode estar presente e, isso realmente é verdade.

O que não se entende é: Por que não deram baixa nos dados de Maria Gonçalves da Silva após o óbito? Como ela está cadastrada nos pacientes com Covid-19? Quem realmente está no isolamento e utilizando este leito?

Célia, a filha da paciente em questão, está muito mexida com toda essa situação e desesperada por estar longe e não conseguir resolver e entender o que realmente está acontecendo.

Confira o áudio encaminhado para nós explicando todos os detalhes da situação:




Fonte: Folha do ES

 

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.