Folha do ES
Qua, 1 de Abr

Home   Judiciário     Brasil


Vítima de feminicídio beija réu antes de ser condenado

Vítima de feminicídio beija réu antes de ser condenado

O réu havia cometido tentativa de homicídio contra a mulher

  Por Redação

  29.janeiro.2020 às 17:01Atualizado em 29.janeiro.2020 às 20:59

Uma vítima de tentativa de feminicídio beijou o réu durante uma sessão do Tribunal do Júri em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (28). Micheli Schlosser, que sobreviveu a cinco disparos, pediu autorização aos jurados para beijar o agressor e dizer que o perdoava, logo após prestar depoimento. As informações são do portal GaúchaZH.

Preso desde agosto de 2019, o homem de 28 anos, foi condenado a sete anos de prisão (cinco por tentativa de feminicídio privilegiado, por agir sob forte emoção – o que diminui a pena – e dois anos por porte ilegal de arma). Ele deve cumprir a pena em liberdade, pois não possui antecedentes e a condenação foi menor do que oito anos.

Para o advogado Jean Severo, que defendeu o réu, a atitude da mulher foi inesperada, mas ajudou na estratégia de defesa.

Segundo o portal GaúchaZH, após a sentença, a vítima e o réu posaram abraçados em uma foto com os advogados que atuaram na defesa dele.


Fonte: Istoé

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.