Folha do ES
Seg, 25 de Mar
SESAN - VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Home   Polícia     Espírito Santo


Depois de três meses internada, mulher morre após ter o corpo queimado no ES

Depois de três meses internada, mulher morre após ter o corpo queimado no ES

Ela pediu a família para não denunciar o marido

  Por Redaçao

  12.janeiro.2019 às 09:40

Após ficar quase três meses internada, com queimaduras em 46% do corpo, Edna Cristina Ribeiro Rangel, de 36 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (10) em um hospital na Serra. Segundo a família, o marido da vítima, com quem era casada há oito anos, e tinha um filho de um ano, é o responsável pelo crime.

O caso aconteceu no dia 15 de novembro, no bairro Carapina Grande, mas somente nesta sexta-feira a família informou o possível crime à polícia.

De acordo com a Polícia Civil, no dia do ataque, a vítima disse para a assistência social do hospital que havia sido vítima de um acidente doméstico.

O crime

Segundo testemunhas, no dia do crime, o suspeito havia bebido e ateou fogo na esposa após se incomodar com uma moto estacionada em frente à residência do casal. Além de Edna, um irmão da vítima também sofreu queimaduras.

Até o momento, a família não havia registrado um Boletim de Ocorrência a pedido da própria vítima. A Polícia Civil informa que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM). Além disso, ressalta que outras informações não serão repassadas, no momento, para não atrapalhar as investigações.


Fonte: Folha do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.