Folha do ES
Qua, 8 de Abr
HECI Páscoa

Home   Polícia     Espírito Santo


Traficante Vovozona sai do hospital em Cachoeiro e vai para a cadeia

Traficante Vovozona sai do hospital em Cachoeiro e vai para a cadeia

Vovozona ficou 40 dias internado. Ele foi atingido por oito tiros e se recuperou

  Por Tiago Rocha

  15.março.2020 às 13:10Atualizado em 15.março.2020 às 13:16

Depois de ficar 40 dias internado na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, o traficante Eduardo Pinto Batista, mais conhecido pelo apelido de Vovozona, teve alta da unidade hospitalar e foi para a cadeia.

Vovozona foi alvo de uma emboscada no dia 02 de março, na localidade de Santa Helena, próximo a Palmital, no município de Itapemirim. Ele e um comparsa, Felipe Lacerda Gomes, foram alvos de um grupo rival de traficantes. Vovozona foi atingido por oito tiros, e Felipe não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 03 de março.

Felipe (esquerda) morreu no dia seguinte da emboscada. Ele era o “braço direito” de Vovozona (D).

Desde o dia 02 de março, Vovozona estava internado na Santa Casa, sob escolta policial. Seu estado era grave, mas ele se recuperou do atentado e, na tarde do dia 12 de março, recebeu alta e saiu do hospital direto para Delegacia de Cachoeiro, de onde foi transferido para uma Unidade Prisional, que não foi divulgada pela Polícia.

O traficante é investigado por diversos crimes, dentre eles tráfico de drogas e homicídios. Ele estava envolvido na disputa pelo comando do tráfico de drogas no bairro Valão, em Cachoeiro de Itapemirim.

A disputa pelo controle do tráfico de drogas no bairro Valão estourou no mês de dezembro de 2019 e, desde então, a localidade conviveu com intensos tiroteios e mortes. A situação no Valão só acalmou após o atentado contra Vovozona, que resultou na morte do seu comparsa Felipe Lacerda.


Fonte: Da Hora ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.