Folha do ES
Sex, 22 de Nov
VITIMAS TRANSITO

Home     Polícia


Venda de metralhadora pode ser motivo da morte em Coutinho, Cachoeiro-ES

Venda de metralhadora pode ser motivo da morte em Coutinho,  Cachoeiro-ES

EM SÍNTESE

  Por Redação

  29.setembro.2019 às 18:37Atualizado em 29.setembro.2019 às 19:00

A morte de Ramon Quinelato, 27 anos, morador de Coutinho, distrito de Cachoeiro-ES, hoje (29), seria uma vingança do chefe do tráfico de Itaóca por conta da comercialização de uma metralhadora em posse da vítima.

A vítima, segundo algumas testemunhas, mexia com drogas, mas foi jurado de morte pelos traficantes do distrito próximo - 10 quilômetros - , o maior do Município, com cerca de 10 mil habitantes.

A movimentação de drogas em Coutinho, com 2 mil habitantes, não é tão grande e o distrito era considerado pacato. Logo, a polícia deverá chegar até aos traficantes de Itaóca para dar desfecho ao assassinato de hoje.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Enquete


Você tem aprovado a forma de governar neste ano de 2019 do Presidente Jair Bolsonaro?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.