Folha do ES
Ter, 10 de Dez
PRESTAÇÃO DE CONTAS  PMCI

Home   Política     Brasil


Partido de Bolsonaro defende Deus, armas e anticomunismo

Partido de Bolsonaro defende Deus, armas e anticomunismo

O empresário Luciano Hang, proprietário da Havan, chega no Hotel Royal Tulip, em Brasília, para participar da convenção do Aliança Pelo Brasil

  Por Redação

  21.novembro.2019 às 16:19

O partido Aliança pelo Brasil, que o presidente Jair Bolsonaro trabalha para tirar do papel, realiza nesta quinta-feira, 21, a sua convenção de lançamento, sob forte discurso de respeito a Deus, a religiões e de oposição a movimentos de esquerda. Bolsonaro assinou na terça-feira, 19, a desfiliação do PSL, partido pelo qual se elegeu em 2018.

Em um auditório lotado de um hotel de luxo de Brasília, a advogada Karina Kufa fez a leitura dos princípios do partido. "O povo deu norte da nova representação política. Em 2019, novo passo precisa ser dado. Criar partido que dê voz ao povo brasileiro", afirmou.

Karina Kufa afirmou que o partido é conservador, comprometido com a liberdade e ordem, soberanista e de oposição às "falsas promessas do globalismo".

O programa tem os seguintes princípios:

- respeito a Deus e à religião

- respeito à memória e à cultura do povo brasileiro

- defesa da vida

- garantia de ordem e da segurança


Fonte: Terra

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.