Folha do ES
Ter, 17 de Set
NOTA FISCAL SETEMBRO KENNEDY

Home   Política     Espírito Santo


Religação de energia não poderá ser cobrada no ES

Religação de energia não poderá ser cobrada no ES

É o que prevê o Projeto de Lei (PL) 288/2019, de autoria da deputada Raquel Lessa (Pros).

  Por Redação

  02.agosto.2019 às 12:19

As empresas fornecedoras de água, luz e gás no Espírito Santo não poderão cobrar do usuário taxas para restituir os serviços interrompidos por falta de pagamento.

É o que prevê o Projeto de Lei (PL) 288/2019, de autoria da deputada Raquel Lessa (Pros).

A medida institui que nos casos de suspensão do serviço por atraso no pagamento da fatura, após o pagamento do débito que motivou o corte, a concessionária deverá, no prazo máximo de até 24 horas, reestabelecer o serviço, sem ônus ao consumidor.

Caso a iniciativa se torne lei, o descumprimento da determinação sujeitará as concessionárias de serviços públicos às sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC), sem prejuízo de eventuais sanções de natureza civil e penal.

“A taxa de religação de gás é um instrumento abusivo, contrário às disposições do Código de Defesa do Consumidor”, aponta a deputada.

Tramitação

O projeto recebeu parecer denegatório da Mesa por entender que tal iniciativa não é de competência do Poder Legislativo.

A Comissão de Justiça emitirá parecer em recurso interposto por Raquel Lessa.


Fonte: Assembleia Legislativa do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.