Folha do ES
Ter, 17 de Set
NOTA FISCAL SETEMBRO KENNEDY

Home     Judiciário


TJES homenageia em Cachoeiro-ES desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos

TJES homenageia em Cachoeiro-ES desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos

TJES INAUGURA SALA DE AUDIÊNCIA EM HOMENAGEM À DESEMBARGADORA CATHARINA MARIA NOVAES BARCELLOS EM CACHOEIRO

  Por Redação

  24.agosto.2019 às 08:35Atualizado em 24.agosto.2019 às 09:11

O presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo e o diretor do Fórum de Cachoeiro de Itapemirim, juiz de direito Evandro Coelho de Lima, inauguraram, nesta sexta-feira (23/8), a Sala de Audiências Desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos.

A denominação da sala, onde serão realizadas as audiências da 4ª Vara Cível da Comarca, foi aprovada em decisão unânime do Tribunal Pleno, na sessão realizada no dia 04/07. A Resolução nº 018/2019 foi publicada no e-diário no dia 08 de julho de 2019.

Também estavam presentes à solenidade, os juízes de direito da Comarca de Cachoeiro de Itapemirim: João Batista Chaia Ramos, Roney Guerra Duque, Rafael Dalvi Guedes Pinto, Fábio Pretti, Bernardo Farjado Lima, Miguel Maira Ruggieri Balazs, Rosalva Nogueira Santos, Frederico Ivens Arruda de Carvalho, George Luiz Figueira, Murilo Ribeiro Ferreira, Lailton dos Santos, Leandro Duarte e a juíza de Guaçuí Valquíria Mattos.

Compareceram ainda a promotora de justiça Ana Carolina Lage, representando o MPES, bem como outros promotores de justiça, a procuradora-geral do Município de Cachoeiro de Itapemirim Ângela de Paula Barbosa, representando o prefeito municipal, o representante da OAB (seccional Cachoeiro de Itapemirim), advogado Jefferson Barbosa Pereira e o defensor Bruno Danorato Cruz, representando a defensoria pública geral do ES, além do major Carlos José Lorencine Palaoro, representando o 9º Batalhão da PMES.

O filho da desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos, Fabiano Novaes Barcellos, compareceu à solenidade, representando a família da homenageada.

O diretor do Fórum, juiz Evandro Coelho de Lima, agradeceu a presença de todos, especialmente do presidente do TJES, e passou a palavra ao juiz João Batista Chaia Ramos, que fez o discurso de homenagem à magistrada.

O juiz João Batista Chaia Ramos destacou, em seu discurso, o currículo da homenageada: “Em memória dessa pessoa singular é prestada, em boa hora e por reconhecimento, a presente homenagem, requerida pelo juiz de direito diretor do fórum, Evandro Coelho de Lima, o qual contou com a pronta adesão dos seus pares, e deferida, imediatamente, pelo presidente da egrégia corte de justiça, desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama.”, concluiu o magistrado.

O filho da desembargadora Catharina Maria Novaes Barcelos, Fabiano Novaes Barcelos, agradeceu a homenagem. “Nossa família está muito honrada com a homenagem, primeiro porque vocês todos conheceram a minha mãe, ela sempre foi uma pessoa extraordinária, e tudo que fez, sempre tentou fazer o melhor e sempre por uma boa causa, sempre para ajudar alguém, e assim também fez dentro da nossa casa. A vida é muito difícil, mas tem que ser seguida. O que fica é a marca dela. Então, a nossa realização, a realização da nossa família, é que tudo o que ela fez até hoje foi pelo bem, pelo amor. Então, só temos que agradecer a todos vocês por essa lembrança, que é uma coisa maravilhosa para nossa família.”

O presidente do TJES, desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama, também destacou as qualidades da magistrada: “A desembargadora Catharina Maria Novaes Barcelos sempre foi um exemplo de dignidade e de honradez, sendo merecida a escolha do seu nome para intitular a sala de audiências da 4ª Vara Cível desta Comarca.”, ressaltou.

“Quero registrar, por fim, a minha satisfação ao receber o convite para comparecer a esta solenidade, e pela justiça da homenagem prestada à nossa estimada desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos, cujo exemplo e obras hão de perpetuar-se às futuras gerações. Meus sinceros cumprimentos aos idealizadores desta justa homenagem prestadas à nossa exemplar e inesquecível desembargadora.

Desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos

A desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos foi uma das primeiras juízas do Estado e a primeira mulher a ocupar o cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES).

A magistrada chegou ao Palácio da Justiça em 2005 e aposentou-se abril em 2015, quando foi agraciada com a Comenda Grã-Cruz do Mérito Judiciário, pelo notável desempenho ao longo dos 32 anos de carreira jurídica e pelo carinho e consideração aos juízes capixabas.

A desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos faleceu no dia 13 de junho deste ano (2019), em São Paulo.


Fonte: TJES

 

O presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo e o diretor do Fórum de Cachoeiro de Itapemirim, juiz de direito Evandro Coelho de Lima, inauguraram, nesta sexta-feira (23/8), a Sala de Audiências Desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos.

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.