Folha do ES
Sáb, 27 de Fev

Home   Polícia     Espírito Santo


Homem é ferido com golpe de enxada após briga por terreno

Homem é ferido com golpe de enxada após briga por terreno

Um idoso é suspeito da agressão e foi levado pela Guarda Municipal para prestar depoimento na Delegacia Regional de Vitória.

  Por Kimberlly Soares

  22.fevereiro.2021 às 17:22

Um homem de 38 anos foi ferido na cabeça por um golpe de enxada durante uma briga, por causa de um terreno, no bairro Santo Antônio, em Vitória, na manhã desta segunda-feira (22). Um dos proprietários do lote foi levado para a Delegacia Regional para prestar depoimento pela agressão.

A motivação da briga teria sido a construção de um muro para dividir parte de um terreno vendido em 2017.

O dono do terreno, identificado apenas como Genilson, de 62 anos, foi encaminhado pela Guarda Municipal para a delegacia suspeito da agressão.

De dentro do carro da Guarda, o suspeito explicou que vendeu um pedaço do lote dele, nos fundos da casa onde mora, e que a entrada dos dois imóveis é a mesma. Segundo o idoso, ele começou a construção de uma cerca para isolar a parte dele e o vizinho que comprou a casa dos fundos não gostou.

"Ele disse que ia bater em todo mundo, que eu podia chamar todo mundo que ele ia bater também. Aí fui para dentro de casa, para chamar a polícia. Liguei para um amigo meu para ajudar, e nem deu tempo de ele chegar", disse Genilson.

Um homem de 38 anos foi ferido na cabeça por um golpe de enxada durante uma briga, por causa de um terreno, no bairro Santo Antônio, em Vitória, na manhã desta segunda-feira (22). Um dos proprietários do lote foi levado para a Delegacia Regional para prestar depoimento pela agressão.

A motivação da briga teria sido a construção de um muro para dividir parte de um terreno vendido em 2017.

O dono do terreno, identificado apenas como Genilson, de 62 anos, foi encaminhado pela Guarda Municipal para a delegacia suspeito da agressão.

De dentro do carro da Guarda, o suspeito explicou que vendeu um pedaço do lote dele, nos fundos da casa onde mora, e que a entrada dos dois imóveis é a mesma. Segundo o idoso, ele começou a construção de uma cerca para isolar a parte dele e o vizinho que comprou a casa dos fundos não gostou.

"Ele disse que ia bater em todo mundo, que eu podia chamar todo mundo que ele ia bater também. Aí fui para dentro de casa, para chamar a polícia. Liguei para um amigo meu para ajudar, e nem deu tempo de ele chegar", disse Genilson.


Fonte: G1

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.